Quem é o seu cliente?

Postado Por Equipe EeC em 1 maio 2017


Amado e odiado. Procurado. Desaparecido. Encontrado. Parece que chega em caravana, vários de uma só vez. Ou nem vem. Reclama mais que elogia. Mas quando elogia é tão bom! É ele – a razão de existir de toda empresa – sua majestade: o cliente.

É preciso focar em seu cliente

Quem é ele?

Pergunta simples? Não! É a chave do seu sucesso!

E não: eles não são todos iguais!

Imagina saber exatamente do que ele precisa, o que vai comprar, como prefere pagar, como quer ser atendido….

O fato é que a maioria das pessoas não quer que vendam para ela. Querem ser atendidas sim! Mas não querem ver esse movimento de se sentir persuadidas.

A venda é um ballet delicado. Ou um namoro tímido.

Compreender quem é o seu cliente facilita e melhora a quantidade e qualidade de suas vendas. Você sabe como “chegar” na paquera. E consegue manter uma relação longa, produtiva e feliz por muito tempo.

Não pense que qualquer um que chegar à sua porta e comprar é O SEU CLIENTE. Essa compra aleatória é quase irrelevante para sua loja manter-se de pé.

Cada cliente é único

 

Seu verdadeiro cliente ou público-alvo deve ser pensado, estudado, determinado.

Em primeiro lugar é preciso ficar claro para todos – para o dono, para a equipe e para o cliente – quais os valores da empresa. As pessoas precisam chegar até seu produto sabendo o que esperar.

Seu cliente é de qual classe social? Mais homens ou mulheres? De qual faixa etária? Quais os horários de compras mais comuns? Com qual periodicidade vai até sua loja?

Sua majestade o cliente

É também preciso saber o que é importante para ele: rapidez no atendimento? Preço? Flexibilidade no pagamento? Atendimento personalizado? Estacionamento exclusivo?

É cada vez mais comum a pesquisa de mercado. Ela pode trazer dados surpreendentes e sempre ajuda na elaboração de táticas de marketing. Você sabe que marketing não é só vender ou fazer divulgação dos seus produtos, não é? Mas nem sempre é financeiramente viável fazer essa pesquisa formal. Uma excelente opção é a observação criteriosa de sua clientela. Cada venda feita dará subsídios para compreender melhor esse ser tão misterioso que faz o seu lucro dia a dia.

Importante é: você já sabe quem é ele?